A construção civil é um segmento que ano após ano surge com novas tendências para o mercado. Isso porque o segmento tem crescido e, principalmente, mantido seu lugar nos últimos tempos, conquistando importância e potencial relacionados aos indicadores que influenciam diretamente a retomada do crescimento econômico do Brasil.

Estudos e projetos que oferecem novas possibilidades para a construção civil estão sendo pautados cada vez mais. Sustentabilidade, economia, investimentos em tecnologia e inovação estão integrados e norteiam essas tendências.

Você sabe quais são as tendências da construção civil para 2021? No conteúdo a seguir separamos algumas tendências do segmento para este ano. Confira!

Sustentabilidade e sua presença na construção civil

A sustentabilidade está sendo cada vez mais pautada em diversos segmentos do mercado, entre eles a construção civil, que durante anos foi associada aos impactos negativos causados ao meio ambiente.

A procura por métodos sustentáveis está fazendo parte dos processos realizados pelas empresas no desenvolvimento das suas ações.

Além dos benefícios ligados a esses métodos, a forma como as organizações são vistas pelo público ao adotar essas medidas é bastante positiva. Isso porque a consciência ambiental tem ganhado espaço entre os consumidores.

A preocupação com os impactos ambientais é uma tendência recorrente e está ainda mais forte neste ano. Esses fatores impactam também no valor de investimento em projetos, que é reduzido.

Métodos sustentáveis e que geram economia sem deixar de lado segurança e eficiência. Exemplos claros disso são os vergalhões de fibra de vidro e a geração de energia limpa.

Verga Fibra: uma tendência que chegou para transformar a construção civil

O Verga Fibra é a barra polimérica produzida pela Composite Group Brazil. Grande salto no nível da construção civil brasileira, a Verga Fibra é a combinação perfeita de tecnologia, segurança e economia.

Essa tecnologia traz diversos benefícios para a construção civil. A barra polimérica Verga Fibra é mais leve, durável e sustentável que o aço. Por ser produzida com fibra de vidro, a barra não oxida, não sofre corrosão, apresenta alta resistência à tração, fadiga e substâncias químicas. Esses fatores fazem com que ela mantenha seu desempenho por um tempo maior que 80 anos.

O núcleo da Verga Fibra é feito de fibra de vidro e resinas aglutinantes, que fornecem a força necessária para unir os compostos e criar a barra polimérica. Sua resistência à tração é duas vezes maior e o peso nove vezes menor em comparação ao aço.

A utilização da Verga Fibra gera uma economia de até 25% no valor da obra. Por exigir um esforço menor para movimentação e manuseio, essa economia pode ser ainda maior, pois sua leveza impacta nos valores gastos com transporte.

Os vergalhões de fibra de vidro da Composite são comercializados em bitolas de sete milímetros diferentes. Bitolas de 4 a 12 mm são entregues em rolos de 12, 50, 100 ou 200 metros. Já para as de 16 mm, a entrega é feita em barras sob demanda.

Energia limpa: utilização de painéis para geração de energia solar

A utilização de painéis de energia solar fotovoltaica tem crescido exponencialmente, tanto em construções comerciais quanto em residenciais. Totalmente ligada à sustentabilidade, a geração de uma energia limpa e renovável veio para ficar.

O Brasil deve atingir 12,56 gigawatts (GW) de capacidade instalada de projetos de geração de energia solar fotovoltaica em 2021.

Além de sua ligação com fatores ambientais, a utilização desses modelos gera uma redução de até 95% nos gastos com energia elétrica, fazendo com que o valor investido na compra e instalação dos sistemas seja recuperado em um período médio de seis anos.

Building Information Modeling

O Building Information Modeling (BIM), ou Modelagem de Informações de Construção, é um processo de criação do modelo virtual e interativo das edificações. Ele possibilita uma visão 3D e abrange todos os processos da construção.

A utilização dessa ferramenta permite uma visão do projeto antes da obra iniciar. Além disso, a plataforma permite que todos os profissionais envolvidos nos processos tenham acesso às informações sobre a obra, pois elas ficam unificadas em um só lugar. 

Esse acompanhamento dos processos em tempo real minimiza os erros e otimiza a tomada de decisões, gerando um planejamento rápido e eficiente. Através dele é possível calcular também o investimento de material que será utilizado na obra. 

A utilização dessa tecnologia também está ligada à sustentabilidade, porque ajuda a realizar análises sobre o consumo de energia. 

Pré-moldados: utilização na construção civil chegou com tudo

Além de tornar a execução mais rápida, a construção modular reduz os custos financeiros da obra e o tempo para finalização, o que gera um produto final com excelente desempenho.

O ganho de eficiência na utilização desses modelos teve seu crescimento apontado em 5,69% ao ano para os próximos cinco anos. O desperdício de materiais em construções modulares é mínimo, o que conversa diretamente com a redução de custos.

A construção com pré-moldados é feita com módulos individuais que são produzidos em diferentes tipos de materiais, como madeira, vidro, concreto e aço.

Baixe nosso e-Book clicando aqui e saiba mais sobre as tendências da construção civil no Brasil.